Projetos

Projeto Social Ciclo do Bem

SUMÁRIO EXECUTIVO

A Responsabilidade social no Brasil iniciou-se a partir das atividades da Igreja Católica, nos primórdios do Brasil colônia. Mais precisamente, a partir da fundação da Santa Casa de Misericórdia de Santos em 1543. A atuação das Igrejas na assistência às comunidades mais necessitadas aconteceu durante o período colonial, até o início do século XIX. A partir do século XX, outras religiões passaram também a atuar no campo da caridade com fins filantrópicos, e observou-se o crescimento do número de organizações religiosas, confessionais e assistenciais oferecendo seus serviços à população excluída das políticas básicas de educação e saúde. Com o início do processo de redemocratização no Brasil, a partir da Constituição de 1988, constatou-se nas últimas décadas um aumento significativo da quantidade e da variedade de associações que surgem, em um primeiro momento, em virtude da atuação ineficiente do Estado, em especial na área social.

A partir da década de 90, o tema responsabilidade social começa a sensibilizar as empresas no Brasil, movimento que se iniciou na França na década de 70, pioneira na criação de uma lei que obriga empresas a publicar as ações sociais em seus balanços anuais. Em pleno século XX, o Brasil vive uma desigualdade social que atinge grande parte da população tornando ainda mais precárias as condições de vida das pessoas e comprometendo, inclusive, a sustentabilidade da vida no planeta. As medidas para seu enfrentamento são urgentes e requer um repensar dos valores que regem a vida em sociedade.

Nesse contexto, a empresa, enquanto principal agente de crescimento econômico, cujo processo de globalização e consequente aumento da concorrência, vêm transformando sua estrutura e impondo novos desafios gerenciais. Está hoje mais vulnerável a questionamentos e expectativas em relação a sua contribuição, seja no agravamento dos problemas sociais e ambientais, seja, principalmente, na sua participação na reversão do contexto econômico e social vigentes, através da adoção de um modelo de gestão de negócios socialmente responsável.

INTRODUÇÃO E CONTEXTUALIZAÇÃO

A Refrescos Bandeirantes desenvolve o seu papel social em diversos segmentos e setores diferentes, levando cidadania, alegria e vontade de viver a cada ser humano beneficiado com o apoio. A empresa desenvolve ações de recolhimento de materiais recicláveis na própria fábrica. Na venda desses materiais, a companhia contribui todos os meses com as instituições filantrópicas dos Estados de Goiás e Tocantins.

SÃO ELAS:

  • Solar Colombino Augusto de Bastos;
  • Associação de Combate ao Câncer em Goiás – ACCG;
  • Fundação Cristã Angélica – Hospital do Câncer de Rio Verde;
  • Centro Comunitário Vila Vicentina – Ceres
  • Creche Espírita Pré-Escolar Maria Madalena – Gurupi;
  • Sociedade Para o Progresso da Infância Através de Rodeio, Agroindústria (Sinprão);
  • Lar Vicentino de Itumbiara;
  • Hospital do Câncer de Palmas / Hospital Padre Luso Instituto do Câncer;
  • Congregação do Santíssimo Redentor de Goiás – CESPE – Trindade.
  • Lar Espírita José Passos – Morrinhos – 34 idosos
  • Asilo Flor de acácia – Uruaçu – 40 idosos

 

DOCUMENTÁRIO DO PROJETO CICLO DO BEM

O documentário fala sobre a parceria entre a Refrescos Bandeirantes e Instituições Filantrópicas nos estados de Goiás e do Tocantins. O filme contou com a participação dos Presidentes/Responsáveis pelas Instituições parceiras e foi produzido com recursos próprios, com o objetivo de divulgar a importância da ação social.

 

 

Corações generosos ajudam a manter ACCG – Associação de combate ao Câncer todos os anos – São diversas ações: Os anjos da alegria que levam sorrisos as enfermarias, as doações de roupas, alimentos; bem como as ajudas financeiras, que servem para custear as despesas. Sensibilizada em ajudar a instituição, há vários anos a Refrescos Bandeirantes passou a contribuir com doações através das vendas de materiais recicláveis da companhia.

ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS

A ACCG – Associação de Combate ao Câncer de Goiás, com vários anos de existência, passou por várias crises financeiras e administrativas nos últimos anos. Entretanto, essas crises nunca foram motivos para acabar com um sonho que nasceu em 20 de janeiro de 1956, pelo médico alagoano Dr. Alberto Augusto de Araújo Jorge. Há mais de uma década a Refrescos Bandeirantes tem a felicidade de fazer parte dessa história de superação. Diante de tantas dificuldades “Com os recursos enviados todos os meses pela Refrescos Bandeirantes, reformando algumas enfermarias da instituição”, construção dos banheiros ostomizados e reforma do posto 1A e 1B, disse Ângela Machado de Sá Ferreira, do Setor de Assistência Social da ACCG.

assossiacao-de-cancer

ABRIGO – SOLAR COLOMBINO AUGUSTO DE BASTOS

Imagina uma pessoa atingir uma certa idade e ser esquecida até mesmo pelos seus próprios familiares. Sabe-se que na terceira idade os idosos necessitam de cuidados médicos e uma alimentação controlada, por isso muitas das vezes várias famílias internam os idosos em asilos, e na maioria das vezes nunca voltam para lhes buscar. Essa é a rotina do Asilo Solar Colombino Augusto de Bastos (Lar de Velhinhos), acolher e dar assistência aos seus 54 idosos, com medicamentos, quartos confortáveis e limpos, além de dedicarem tempo integral com muita atenção. A Companhia também proporciona todos os anos um almoço especial de Natal para os idosos do Abrigo Solar Colombino. Com muita música e energia positiva os colaboradores da Refrescos Bandeirantes, acompanhados da palhaça Pipoca levam alegria e animação para os velhinhos, com muita história para contar que contagiam a todos. A Refrescos Bandeirantes faz parte dessa história, desde 2009.

“Nenhum obstáculo será tão grande se sua vontade de vencer for maior”. Manoel Silva de Sousa – Solar Colombino

solar

FUNDAÇÃO CRISTÃ ANGÉLICA – HOSPITAL DO CÂNCER DE RIO VERDE

Todos os dias, passam várias pessoas no Hospital do Câncer de Rio Verde, algumas angustiadas por estarem com suspeita da doença chamada “CÂNCER”. Mas a força, a esperança e a vontade de superar os seus limites faz com que os problemas sejam pequenos diante da vontade de vencer. Assim aconteceu com Taís Vale, portadora do câncer, ex-paciente do Hospital do Câncer de Rio Verde; prova concreta de que é possível vencer as adversidades da vida. A sua determinação, o otimismo e a alegria fez com que vencesse a doença.

O Hospital do Câncer de Rio Verde realiza todos os meses centenas de atendimentos em diversas especialidades. Entre cirurgias, exames, fisioterapias, diagnósticos, preventivos e campanhas, somando um total de cerca de 22.000 atendimentos em 2016 e a perspectiva em 2017 para mais de 35.000 atendimentos. “Esses atendimentos só foram possíveis através das doações que recebemos de empresas amigas do hospital do Câncer. Todas as doações que recebemos são incentivos para crescimento no atendimento a comunidade. ” Afirmou Iara Alonso.

“Não temos nas nossas mãos as soluções para todos os problemas do mundo, mais diante de todos os problemas do mundo temos as nossas mãos. Nada é melhor do que a solidariedade e por ela a gente não agradece, se alegra”. Fundação Cristã Angélica – Hospital do Câncer de Rio Verde

fundacao-crista

CRECHE ESPÍRITA PRÉ-ESCOLAR MARIA MADALENA

O que as crianças mais gostam de fazer? Brincar! Pular! Sorrir! Isso mesmo. A Creche Maria Madalena de Gurupi sabe muito bem o que é fazer isso todos os dias. São atendidas 250 crianças carentes, com idades de 02 a 07 anos, em turmas de educação infantil e ensino fundamental em tempo integral. Mas para alegria dessas crianças continuarem é necessário a contribuição financeira para custear despesas como alimentos e manutenção da estrutura física da unidade. Pensando nisso a Refrescos Bandeirantes começou a apoiar as instituições em 2011, para que atendimentos com médicos, psicológicos e odontólogos sejam realizados todos os dias.

creche-espirita

SINPRÃO – SÓ PARA MENINAS

Bordados, pinturas, atividades esportivas e atividades da Escola de Artesanato fazem parte do dia-a-dia das dezenas de crianças e adolescentes da instituição Sociedade Para Progresso da Infância através de Rodeio, Agroindústria e outros (Sinprão), em Bonfinópolis. A Escola de Artesanato que conta atualmente com 40 meninas, com idade variando dos 7 aos 17 anos, tem como uma das ferramentas que mais beneficiam no desenvolvimento das crianças e adolescentes do Sinprão a prática do artesanato. A Refrescos Bandeirantes apoia desde 2011, a instituição Sociedade Para Progresso da Infância através de Rodeio, Agroindústria e outros (Sinprão). Situada em Bonfinópolis, os recursos recebidos pela instituição são destinados para custear despesas como alimentação e materiais para artesanato.

“Nosso agradecimento a Refrescos Bandeirantes, pela ajuda e confiança neste sonho singelo que aos poucos vai se tornando realidade”. Do nosso lado, continuaremos na linha da simplicidade, lembrando de nosso lema: “o chique é ser sinprão”. Roberto Fernandes – Médico Cancerologista Cirúrgico e Presidente do SINPRÃO

sinprao

LAR VICENTINO DE ITUMBIARA

Sabe-se que a velhice traz consigo características bem marcantes o que, muitas vezes, faz com que se encontram nesta fase da vida. É uma etapa em que ocorre muita mudança, a passagem de uma vida ativa para uma vida passiva, advém ao idoso um sentimento de perdas, de status, prestígios e suas funções sociais, o que ás vezes ainda são aliadas a perdas do cônjuge, de amigos ou parentes. O Lar Vicentino busca resgatar a oportunidade de novas vivências que leva a pessoa idosa a redimensionar o seu espaço e a redescobrir o seu potencial, a fim de satisfazer a necessidade maior que é a de socialização. Com ajuda da Refrescos Bandeirantes, que começou em 2010, o Lar Vicentino atende 56 idosos sendo 34 homens e 22 mulheres, garantindo alimentação, medicamentos e a manutenção de dezenas de projetos desenvolvidos para os idosos.

lar-vicentino

HOSPITAL DO CÂNCER DE PALMAS / HOSPITAL PADRE LUSO INSTITUTO DO CÂNCER

Quer mais de um motivo para você sorrir todos os dias? Basta visitar os Hospitais Padre Luso de Palmas e sentir que amar é servir, compartilhar; seja na sua disponibilidade em acolher com uma palavra de incentivo ou até mesmo ajudar nas despesas e necessidades do hospital. A Refrescos Bandeirantes faz isso todos os meses, dedica um pouco da sua contribuição para os mais necessitados. O Hospital Padre Luso de Palmas, especializado no combate ao câncer, recebe doação da Refrescos Bandeirantes desde o ano 2010 para pagar despesas com medicamentos e manutenção da estrutura física.

hospital-do-cancer-palmas

LAR ESPÍRITA JOSÉ PASSOS

A Refrescos Bandeirantes apoia a instituição Lar Espírita José Passos, em Morrinhos, que atualmente abriga 34 idosos. Os idosos abrigados na instituição têm idade acima de 60 anos, oriundos de condição de abandono/rejeição pelos respectivos familiares.  Necessitam do apoio, pois são desprovidos das mínimas condições financeiras e econômicas para manter o próprio sustento. A Refrescos Bandeirantes apoia a instituição desde 2015, com valor mensal proveniente da venda de materiais recicláveis do Centro de Distribuição de Morrinhos. Fundada no ano de 1974, a instituição tem como objetivo acolher e abrigar de forma continuada, permanente e planejada, em regime de internato. Com os recursos, a instituição oferece melhor atendimento para os idosos como: assistência médica, odontológica e fisioterápica (com auxílio prestado por unidades de saúde públicas municipais da cidade), além de alimentação apropriada, medicamentos e higienização. Sabemos que cada valor contribuído, oferece melhores condições e proporciona dignidade e proteção à saúde dos internos com programas de prevenção.

20150930_164344

 ASILO FLOR DE ACÁCIA EM URUAÇU

O abrigo filantrópico Flor de Acácia, situada no município de Uruaçu está entre as instituições que a Refrescos Bandeirantes apoio em Goiás. Para manter os 44 idosos na instituição, com todos os cuidados que necessitam, ela conta com o apoio da Refrescos Bandeirantes Coca-Cola, que, desde 2013, contribui com valores para o abrigo. Esse apoio é proveniente da venda de materiais recicláveis do Centro de Distribuição de Uruaçu e repassado para a instituição. Com os recursos, são adquiridos medicamentos, roupas, alimentos, além de produtos para a instituição. São mais de trinta anos cuidando daqueles que dedicaram suas vidas no trabalho, a família e foram abandonados.

img-20160930-wa0041

CONGREGAÇÃO DO SANTÍSSIMO REDENTOR DE GOIÁS – CESPE

O CESPE nasceu do sonho de pessoas que acreditam que o amor ao próximo pode mudar a realidade das outras pessoas. Amor, Fé e Solidariedade foram os principais sentimentos para que os Padres Redentoristas, Religiosos, Voluntários e Funcionários assumissem o Centro Social Pai Eterno. São vários anos de promoção social ao resgate da criança, do adolescente e de suas famílias, agregando lhes valores, dignidade e espiritualidade, visando uma transformação pessoal e social. A Companhia promove doações financeiras para custeio de alimentação, materiais de limpeza e pedagógicos, além de promover um Natal diferente para as crianças do Abrigo Centro Social Pai Eterno – CESPE e Centro Social Redentoristas, em Trindade, com muita alegria e apresentações culturais. A apresentação da palhaça Pipoca é sempre marcante com muitas atividades e alegrias que contagia a todos. Um almoço especial, os presentes e a presença do Papai Noel são outros destaques que agradam a cada ano com um Natal mais feliz. O sucesso do nosso trabalho está diretamente ligado a aqueles que acreditam e colaboram com essa obra. Pessoas que possibilitam a realização deste trabalho; comunidades que acreditam na potencialidade dos nossos Educadores Sociais; empresas que como a Refrescos Bandeirantes nos permite a realizar todos esses trabalhos e também a todos os Filhos do Pai Eterno que nos ajudam a manter essa obra de Fé, Amor e Solidariedade ao próximo, disse Naclayton Sousa, do CESPE.

cesp

CENTRO COMUNITÁRIO VILA VICENTINA – CERES

O abrigo Vila Vicentina em Ceres está entre as instituições que a Refrescos Bandeirantes apoio em Goiás. Para manter os idosos na instituição, com todos os cuidados que necessitam, ela conta com o apoio da Refrescos Bandeirantes Coca-Cola, que, desde 2016, contribui com valores para o abrigo. Esse apoio é proveniente da venda de materiais recicláveis do Centro de Distribuição de Rialma e repassado para a instituição. Com os recursos, são adquiridos medicamentos, alimentação e fraldas. São vários anos cuidando daqueles que dedicaram suas vidas no trabalho, a família e foram abandonados.

Vila-Vicentina

OBJETIVOS DO TRABALHO

O projeto visa através de um ciclo de ações, a partir da reciclagem interna e da preocupação com o meio ambiente, contribuir socialmente com doações de recursos financeiros para diversas instituições filantrópicas, apoiadas pela Refrescos Bandeirantes

A Refrescos Bandeirantes busca a cada ano ajudar as onze instituições nas suas necessidades; nesse contexto a Companhia se preocupa em aumentar a expectativa de vida desses cidadãos, pois sabemos que ajudar é semear o bem sem pensar em colher, porém ter a certeza de que os frutos virão e serão bons. Sendo assim a nossa missão é contribuir para um Brasil socialmente mais justo sem muitas desigualdades sociais, com a esperança de que dias melhores virão; assim como o pôr sol, que não escolhe classes sociais ou mesmo etnias, mas brilha para todos.

ESTRATÉGIAS E METODOLOGIA

Todos os resíduos recicláveis consumidos de produtos na Refrescos Bandeirantes são realizados um trabalho de Coleta Seletiva, separando todos os itens: garrafas PET,papelão, vidros, plásticos, bombonas, containers de insumo (bebida pré-pronta), tambores de produto químico, latas de alumínio; em seguida são vendidos para a empresa de reciclagem G& P Ambiental (Tradi). Com o valor recebido através das vendas dos produtos recicláveis, são faturados em média de 15 mil a 25 mil reais/mês que posteriormente são divididos para as onze instituições que são apoiadas pela Refrescos Bandeirantes.

RESULTADOS OBTIDOS

Com os valores doados pela Refrescos Bandeirantes mensalmente, as instituições tem a oportunidade de promoverem melhorias para as crianças, idosos e para pacientes, tais como:

  • ACCG: Reformando algumas enfermarias da instituição”, construção dos banheiros ostomizados e reforma do posto 1A e 1B
  • Solar Colombino: Compra de medicamentos, alimentos, produtos de higiene e limpeza.
  • Congregação do Santíssimo Redentor de Goiás-CESPE: Compra de alimentação e brinquedos pedagógicos.
  • Hospital do Câncer de Rio Verde: Pagamento de água, energia, combustível, colaboradores; aquisição de aparelhos; manutenção dos mesmos e compra de medicamentos.
  • Lar Vicentino de Itumbiara: Compra de medicamentos, Alimentos, produtos de higiene e limpeza.
  • Creche Maria Madalena de Gurupi: Despesas com alimentos e manutenção da estrutura física da unidade.
  • Sinprão: Despesas com materiais pedagógicos e alimentação das crianças e adolescentes.
  • Hospital padre Luso – Palmas: Custeio de despesas como medicamentos, e manutenção da estrutura física.
  • Centro comunitário Vila Vicentina – Ceres: Compra de alimentos, medicamentos, fraldas e pagamento de funcionários.
  • Lar Espírita José Passos – Morrinhos: Assistência médica, odontológica e fisioterápica, alimentação apropriada, medicamentos e higienização
  • Asilo Flor de Acácia – Uruaçu: Compra de medicamentos, roupas, alimentos, além de produtos para a instituição

 

PERSPECTIVAS

A Refrescos Bandeirantes espera manter o apoio a estas instituições, pois as mesmas contam com essa renda todos os meses. A quantidade doada mensalmente é significativa para as instituições, já que essa renda ajuda na manutenção da estrutura física (reformas), na compra de equipamentos cirúrgicos, medicamentos, materiais de limpeza e alimentação.

EQUIPE ENVOLVIDA E QUALIFICAÇÃO

  • Douglas Lacerda
    Gerente de SGN, Sustentabilidade / Comunicação e Líder de IMCR 
  • Raqueline Pereira Vasconcelos
    Coordenadora de SGI / Sustentabilidade 
  • Fernando Vasconcelos Machado  
  • Coordenador de Comunicação da Refrescos Bandeirantes 
  • Jéssica Dias Araújo
  • Analista de Sustentabilidade
    Astero da Mota Silva Neto
    Jornalista da Refrescos Bandeirantes e  Assistente de Comunicação
    Samuel Santos de Oliveira
    Assistente de Comunicação da Refrescos Bandeirantes