Notícias

Sete livros sobre cerveja para ler durante o verão

Data de publicação:

A temporada de férias é uma boa oportunidade para deitar em uma boa rede num lugar tranquilo para ler um bom livro. E por quê não aproveitar essas horas de tranquilidade para, além da cerveja, tomar boas doses de conhecimento sobre o universo cervejeiro com livros?

Foi pensando nisso que a Heineken reuniu sete livros onde a cerveja é sempre a protagonista da história. A ideia é aprimorar-se no assunto e beber cerveja com muito mais propriedade. Confira a seleção de livros que mistura o ato de beber cerveja
com literatura:

livro 1Cerveja para leigos (Marty Nachel, Steve Ettinger): Se a ideia é procurar por um livro introdutório, a opção é a mais indicada. Os autores e especialistas Marty Nachel e Steve Ettlinger se preocupam em explicar tim tim por tim tim, de maneira bem didática assuntos como o processo de fabricação, insumos, os estilos das cervejas e a maneira correta de degustar. Tem ainda dicas com receitas e informações iniciais para começar a fazer cerveja em casa.

 

livro 2Larousse da Cerveja (Ronaldo Morado): Um livro para quem quer aprender tudo sobre cerveja. São mais de 300 páginas passando pela história da bebida, pubs, bares, escolas cervejeiras, matéria-prima, processo de fabricação, estilos, propriedades e características. Pode-se considerar que é um livro obrigatório aos iniciantes e até aos especialistas que precisam consultar algo que não está na ponta da língua. O livro ainda reúne dicas gastronômicas, com harmonizações, cenário econômico da
cerveja no Brasil e no mundo, entre tantas outras informações indispensáveis.
livro 3O Atlas Mundial da Cerveja (Tim Webb e Stephen Beaumont): Mais um livro que não pode faltar na prateleira ou cabeceira de qualquer cervejeiro que quer aprender cada vez mais sobre o assunto. A obra está em formato de atlas e reúne informações valiosas sobre a cerveja, desde seus primórdios, até o processo de fabricação e tendências. Tem também análises sensoriais de mais de 500 rótulos do mundo inteiro, inclusive o Brasil. Falando na terra tupiniquim, o guia ainda reúne um capítulo especial que destaca a cultura cervejeira brasileira.

 

livro 4O Livro da Cerveja (Tim Hampson): Quer conhecer mais de 800 cervejarias sem precisar viajar o mundo inteiro? Nesse livro existe essa possibilidade. Além disso, possui avaliações de mais de 1.700 cervejas de muitos estilos. A obra foi organizada pelo presidente da Associação Britânica de Escritores de Cerveja, Tim Hampson. Ele se preocupou ainda, em deixar o livro bem ilustrado com fotos, mapas e dicas de harmonização com a bebida.

livro 51001 cervejas para beber antes de morrer (Adrian Tierney-Jones): Aqui está uma dica de livro para quem quer descobrir mais de 1000 cervejas indispensáveis para experimentar. E não são apenas dicas. O livro reúne descrições minuciosas sobre cada rótulo. Tem brasileira também, como por exemplo nossa querida Xingu. É um bom guia para os iniciantes que querem saber qual cerveja tomar, o motivo de scolher e o que esperar de cada uma delas.

livro 6A Mesa do Mestre Cervejeiro (Garret Oliver):
Esse vai para os apaixonados por harmonização. Quem comanda tudo é o renomado mestre-cervejeiro da Brooklyn Brewery, de Nova Iorque, Garret Oliver. Apesar de ser um livro técnico sobre como harmonizar cerveja com inúmeras opções gastronômicas, o autor se preocupa em deixar os textos divertidos e leves narrando suas experiências ao longo de viagens cervejeiras e produções.

livro 7Cerveja e Filosofia (Steven D. Hales): O conteúdo cervejeiro nos livros não é apenas técnico o tempo inteiro. Por trás de todo conhecimento acerca da bebida, existem reflexões sobre qual seu papel na sociedade e como foi se desenvolvendo até tornar-se uma paixão mundial. São diversos ensaios de filósofos e especialistas. É uma opção para os amantes de cerveja, literatura e filosofia.