Notícias

Movimento Nós

Data de publicação:

 

 

 

Estamos vivendo um momento sem precedentes na história recente, o que nos coloca nas mãos um grande desafio perante a sociedade e àqueles que estão em torno da nossa cadeia.

Os pequenos varejos – bares, lanchonetes, padarias, mercearias, empórios e restaurantes – figuram na lista dos setores da economia mais impactados pela crise decorrente do Covid-19. São nossos parceiros e importantes motores da economia, em geração de emprego e renda para a população. E não podemos medir esforços para ajudá-los a superar essa crise. Vencer a pandemia e seus efeitos sociais e econômicos é uma responsabilidade compartilhada entre toda a sociedade, que demanda a solidariedade de todos,

Assim, nasce o Movimento NÓS, criado por oito das principais companhias de alimentos e bebidas do país, entre elas a Coca-Cola, com o propósito de apoiar, assim que liberada as atividades do pequeno varejo, a retomada de seus negócios, já que estão entre os principais setores da economia impactados pela crise decorrente da COVID-19.

 

 

 

 

O Movimento NÓS é composto por Ambev, Aurora Alimentos, BRF, Coca-Cola Brasil, Grupo Heineken, Mondelēz International, Nestlé e PepsiCo. Juntas, as empresas vão investir mais de R$ 370 milhões, beneficiando mais de 300 mil pequenos comércios em todo o Brasil – entre bares, lanchonetes, padarias, mercearias, empórios e restaurantes -, que empregam cerca de 1 milhão de pessoas e proporcionam impacto positivo em aproximadamente 3 milhões de vidas, incluindo as famílias destes empreendedores.

A iniciativa é dividida em quatro frentes para contemplar as principais dificuldades enfrentadas pelos pequenos comerciantes durante este período:

 

  1. Reabertura segura com foco na saúde: quando a reabertura do mercado ocorrer, exigirá, de todo modo, uma atenção especial de toda a sociedade até chegarmos ao “novo normal”. Neste período de transição, o Movimento NÓS compartilhará protocolos e treinamentos de proteção e saúde, aplicados nas companhias participantes, e kits com máscaras, álcool em gel, cartilha de boas práticas, cartazes, entre outros itens.
  2. Reabastecimento facilitado do estoque: respeitando as políticas comerciais de cada companhia integrante da coalizão, as empresas, de forma independente, comprometem-se a oferecer condições comerciais, adicionais às já praticadas individualmente, para ajudar os pequenos pontos-de-venda a se reabastecer, especialmente na primeira compra. Entre os benefícios, pode haver: prazos maiores de pagamento, pagamento em maior número de parcelas, crédito digital para a primeira compra, descontos especiais, produtos bonificados e produtos consignados.
  3. Fortalecimento da relação entre comércios locais e consumidores: as empresas do Movimento NÓS assegurarão condições para estimular o consumo quando os estabelecimentos puderem retomar as atividades e ajudando o pequeno varejista a melhorar sua rentabilidade, por pelo menos 3 meses. Entre as ações desenhadas estão reposição de estoques de produtos com descontos adicionais aos valores totais dos pedidos ou em itens selecionados, seleção de produtos com promoção especial para ser repassado o desconto para o consumidor, retorno de créditos a cada compra para ser usado em pedidos futuros (cashback), entre outras ações.
  4. Divulgação de informações relevantes do mercado: uma vez que as empresas acompanham diariamente pela imprensa, associações, institutos de pesquisa, entre outros, as possibilidades e oportunidades para a retomada, as empresas participantes do Movimento Nós se comprometem a dividir todas as informações públicas e prover mais acesso a oportunidades propostas pelo próprio mercado aos pequenos varejistas. Com isso, reforça-se a democratização da informação e o apoio em fazê-la chegar aos pequenos empreendedores.

 

A premissa é atuar em total alinhamento com as decisões dos governos de cada cidade/ Estado para a reabertura. A segurança e a saúde desses parceiros e seus consumidores são prioridades do movimento e atuaremos apenas e especificamente nas regiões onde houver a determinação das autoridades de saúde responsáveis quanto à retomada e flexibilização do isolamento social.

 

Todas as informações sobre o Movimento NÓS serão reunidas no site www.movimentonos.com.br